Descarte de resíduos químicos – Por que e como?

Descarte de resíduos químicos – Por que e como?

O descarte de resíduos químicos correto hoje em dia já não é uma novidade, por exemplo em vários locais nós vemos as latas de lixo coloridas que são destinadas a materiais específicos como: papéis, plásticos, metais, orgânicos e entre outros.

Embora existam várias dessas lixeiras, nem todos os produtos devem ser descartados de forma comum, e entre eles estão os resíduos químicos, portanto é importante nós sabermos como descartá-los corretamente.

Por que e o que descartar resíduos químicos?

De acordo com a CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) na resolução N°358 de 29/02/2005, resíduos químicos são: “Resíduos contendo substâncias químicas que podem apresentar risco à saúde pública ou ao meio ambiente, dependendo de suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e toxicidade.” Essa resolução ainda dá uma lista de alguns itens que são considerados resíduos químicos.

  • Produtos hormonais e produtos antimicrobianos; citostáticos; antineoplásicos; imunossupressores; digitálicos; imunomoduladores; antirretrovirais, quando descartados por serviços de saúde, farmácias, drogarias e distribuidores de medicamentos;
  • Resíduos de saneantes, desinfetantes, desinfestantes; resíduos contendo metais pesados; reagentes para laboratório, inclusive os recipientes contaminados por estes;
  • Efluentes de processadores de imagem (reveladores e fixadores);
  • Efluentes dos equipamentos automatizados utilizados em análises clínicas;
  • Demais produtos considerados perigosos, conforme classificação da NBR-10.004 da GESTÃO DE RESÍDUOS E PRODUTOS PERIGOSOS – Tratamento… RESOLUÇÃO CONAMA nº 358 de 2005 RESOLUÇÕES DO CONAMA 621 ABNT (tóxicos, corrosivos, inflamáveis e reativos).

Justamente de acordo com a descrição, os resíduos químicos devem ser descartados em locais diferentes devido ao risco que eles apresentam à saúde e ao meio-ambiente. Eles podem causar intoxicações, doenças respiratórias, câncer, e várias outras enfermidades, além disso se essas substâncias acabarem na natureza, elas podem contaminar corpos d’água, o solo, animais e plantas.  

Quais as vantagens de investir em Private Label e ter sua marca própria?

Quais as vantagens de investir em Private Label e ter sua marca própria?

Quais as vantagens de investir em Private Label e ter sua marca própria? O Private Label nada mais é do que uma forma de terceirização do produto. Ou seja, uma empresa contrata uma indústria para desenvolver um produto com a sua marca. Em outras palavras, uma empresa não precisa ter produzido um bem para vender algo exclusivo. ou seja, é possível vender algo com sua marca ou com sua fórmula sem precisar de uma linha de produção.

Além disso, vale ressaltar que empresas de todos os portes, podem se beneficiar desse modelo de produção. O modelo de negócio pode terceirizar o processo total com o Private Label ou parcial.

Vantagens de investir em Private Label e ter sua marca própria

Uma das vantagens como já dissemos, é que vários portes de empresas podem se beneficiar do modelo, e elas podem comercializar produtos com sua marca. Em segundo lugar, não é necessário grandes investimentos na parte de produção e nem o gerenciamento de produção.

Dessa forma, as margens de lucro aumentam, mesmo que o serviço seja terceirizado. Com isso, o preço de mercado se torna mais competitivo e atraente, deixando muitas vezes, os valores mais acessíveis.

Posteriormente, a empresa que detém a marca poupa com administração de recursos humanos, pesquisa e desenvolvimento, manutenção, logística etc.

Invista em sua marca própria

A Orientaltec é especialista em Private Label de produtos químicos, fazendo todo o processo – desde a aquisição da matéria prima, até a embalagem e logística. Por isso, preocupe-se com o que importa de verdade, o core business da sua empresa, o resto, deixe com a Orientaltec.

Tenha seu produto com marca própria pronta para ser distribuída e vendida, e entre na competição de seu mercado.

O que é private label e como funciona?

O que é private label e como funciona?

Você com certeza já ouviu falar em Private Label. Esse modelo de negócios segue em crescimento no mercado, e é essencial que empreendedores conheçam seu sistema. Isso porque essa alternativa pode aumentar lucros e cortar custos industriais, mantendo a qualidade do produto.

O que é private label?

Podendo ser conhecida como Private Brand, Marca Privada ou Marca Secreta, Private Label é um modelo de negócios.

Nesse caso, a indústria contrata e paga para um fabricante produzir seu produto. Depois de fabricado, o produto é vendido com a marca da indústria.

Mesmo que não seja produzida dentro da empresa, pode ser solicitado ao fabricante um produto diferenciado, usando matérias-primas ou fórmula específica, o que for necessário.

Um produto Private Label nada mais é que o produto fabricado por uma empresa e distribuído por outra.

Quais as vantagens para as empresas?

Esse modelo de negócios é muito vantajoso para as indústrias. Isso porque, a indústria pode oferecer vários produtos com a sua marca sem precisar investir em estrutura.

O lucro pode ser maior, mesmo que seja necessário pagar os produtores. Quando o produto de marca própria é oferecido, as margens de lucro são maiores.

O Private Label ajuda na retenção dos clientes, porque as empresas têm maior chances de fidelizar, ainda mais se tratando de bussiness to bussiness industrial.

Imagine industrializar novos produtos, e oferecer novidades e inovação para os clientes sem precisar se preocupar com estrutura e treinamento de funcionários. Isso tudo além de aumentar os lucros, ainda ajuda na concorrência. Quanto mais inovador e quanta mais novidades, mais chances de sua marca se fortalecer e ficar segmentada no mercado.

Além de tudo isso, não podemos esquecer é claro, do fato do produto chegar da Orientaltec pronto para ser distribuído, sendo feito toda a parte de embalagem.

Por isso é muito vantajoso e lucrativo investir nesse tipo de negócio.

Qual a importância da indústria química para a sociedade?

Qual a importância da indústria química para a sociedade?

A indústria química tem grande importância para toda a sociedade. No Brasil, por exemplo, é considerada uma das dez maiores do mundo. E termos de PIB, ela ocupa o segundo lugar no nosso país.

Esses números mostram como ela é relevante e responsável por vários avanços até mesmo a nível mundial e por isso é bom saber quais são seus impactos na sociedade.

Industria química

A Industria química é o ramo que conduz a produção químico-industrial. Esses produtos têm grande variedade como: petroquímicos, agroquímicos, farmacêuticos e até mesmo de tintas e outros componentes. Para a criação desses e outros produtos, é necessário que haja reações químicas que formam novas substâncias.

Mesmo parecendo simples, uma empresa precisa ser qualificada quer seja ela própria ou quer seja private label. Ela precisa seguir normas de segurança, ambientais além da ABNT e licenças para funcionamento.

Sua importância

Com seu constante aperfeiçoamento e avanço, a indústria química traz muitas inovações para a sociedade. Veja alguns deles abaixo:

Empregos – Desde 2018, o setor chegou a faturar US$ 127,9 bilhões. Consequentemente, os índices de novos empregos aumentaram de maneira considerável. Atualmente estima-se que existam 2 milhões de brasileiros no setor.  

Inovação – Com os avanços do setor, a sociedade se beneficia com as inovações ligadas diretamente a ela. As construções civis são um vivido exemplo disso, uma vez que crescem cada vez mais, graças aos avanços industriais do setor químico.

Proximidade – A indústria química está mais próxima de nós. Bem mais do que imaginamos. Isso porque, ela envolve vários segmentos como:

  • Açúcar;
  • Álcool;
  • Têxtil;
  • Plásticos;
  • Couro;
  • Bebidas;
  • Tintas;
  • Tratamento de água;
  • Entre outros.

É sempre bom analisar pontos antes de escolher uma empresa do ramo. Especialmente se você pensa em industrializar no modelo private label.

Análise pontos como:

  • Atendimento;
  • Histórico empresarial;
  • Credibilidade;
  • Infraestrutura;
  • Tecnologia.

Outras coisas que ainda podem ser avaliadas são como esses produtos são industrializados. Por exemplo, no caso das tintas, se são a base de água. Isso porque boas indústrias se importam com os produtos e com a qualidade de vida de quem os utiliza.

Cuidados essenciais com caldeiras industriais!

Cuidados essenciais com caldeiras industriais!

As caldeiras industriais possuem papel importante para diversos setores industriais. Ele gera grandes quantidades de vapor em diversos procedimentos e opera sob alta temperatura.

Pensando nisso, todos seus componentes são necessários. E por isso é importante que muitas medidas sejam respeitadas no dia a dia, para evitar acidentes.

Manutenções preventivas

Uma das práticas mais importantes para trabalhar com caldeiras sem dúvidas é a manutenção – tanto preventiva como a programada. Isso porque, qualquer equipamento, precisa de manutenções para manter o bom desenvolvimento. Falando das caldeiras, a manutenção preventiva pode evitar falhas futuras e a programada evita paradas inesperadas e acidentes.

Tudo isso ainda contribui para que o equipamento opere com sua máxima eficiência e o desempenho esperado pela empresa é alcançado.

NR 13 e limpeza correta

A NR13 é um conjunto de normas sobre o uso das caldeiras, e leva em consideração pontos como:

  • Testes de estanqueidade;
  • Vistoria de vasos de pressão;
  • Inspeções nas válvulas de segurança;
  • Monitoramento da pressão do equipamento.

Com essas e outras indicações exigidas pela norma, é possível que defeitos sejam detectados antes que a parada operacional da máquina ocorra. E assim, é possível garantir que todos os indicadores sejam cumpridos.

Depois de um tempo é necessário que seja realizado a limpeza da caldeira, já que é comum que desgastes surjam pelo processo de queima e produção de vapor. Isso pode ocasionar reações corrosivas e acúmulo de detritos. A limpeza ajuda a minimizar esse tipo de problema, mas, para realizar esse tipo de limpeza é preciso muita atenção para que não fique nenhum detrito. O profissional deve usar uma escova de aço apropriada e equipamentos pneumáticos para higienizar os tubos com mais rapidez.

Fator Humano

A melhor maneira de utilizar uma caldeira é capacitar pessoas para operá-la. Isso contribui para seu funcionamento seguro. Esse treinamento inclusive, é exigido na NR13 e deve ser abrangente, completo e prático. Para operar uma caldeira é preciso possuir o certificado de Treinamento de Segurança na Operação de Caldeiras.

Tudo isso irá contribuir para o bom uso das caldeiras industriais.

A importância da indústria química e os impactos ambientais

A importância da indústria química e os impactos ambientais

Indústria química e os impactos ambientais

Segundo dados da Associação Brasileira da Industria Química, o setor já faturou $ 113,5 bilhões de dólares no Brasil. Esse segmento transforma matérias-primas em novos produtos.

As matérias-primas podem variar desde: petróleo, gás natural, ar, água, metais, minerais, entre outros e acabam sendo transformados em produtos agrícolas, remédios, e vários outros produtos que consumimos no dia a dia.

Falando na economia brasileira, a Industria tem muita relevância. O mercado está em 3º lugar no ranking do PIB brasileiro. Além disso, esse mercado se mostra estável e bem consolidado. Isso tudo mostra a importância do setor na economia do país.

Setor industrial e o crescimento sustentável

Falando em economia, é importante levar em conta o quanto esse setor levanta fortes preocupações com os impactos sustentáveis das suas atividades. Porém, com o crescimento de normas e leis de responsabilidade ambiental, mais vezes, mais empresas tem procurado ajuda especializada para diminuir os impactos sustentáveis. Os processos estão cada vez mais sendo transformados através de soluções ambientais.

Gerenciar todos os riscos nas operações é importantíssimo para as indústrias químicas. Na realidade, esse é um dos pontos primordiais desse mercado. Monitorar aspectos socioeconômicos, ambientais, de qualidade, saúde e segurança, ajuda as indústrias a encontrar soluções ambientais e minimizar impactos.

Hoje em dia, vale lembrar, que as indústrias químicas investem muito em Pesquisas e Desenvolvimento. Isso tudo contribui para que tanto indústrias, como clientes tenham experiencias positivas, com cada vez mais produtos diferenciados e cada vez menos impactos ambientais.

Reduzir os impactos ambientais

Uma das maneiras para que os impactos sejam reduzidos, é poder concentrar o maior número possível de processos em um só lugar. Imagine que sua empresa precise industrializar um novo produto, ou que você precise de novos itens sempre. Concentrar os esforços da industrialização em uma só empresa, como na Orientaltec, ajuda a diminuir a emissão de gases e outros poluentes, já que tudo será feito por uma só linha de produção.